Proactive

Bairros Sustentáveis – Como construir um Futuro mais Saudável.

Autora: Silvana Pinheiro

Em seu livro Projetar e Construir Bairros Sustentáveis, editado pela PINI em 2013 e, em entrevista ao jornal Correio Brasiliense, a Diretora da proActive e prof.ª Dra. da Engenharia da FAAP, Ana Rocha Melhado, abordou a importância da integração dos interesses comerciais – do poder público e da iniciativa privada – com os desejos dos usuários para a Construção de Bairros Sustentáveis, “Quanto mais alinhadas estiverem as intenções e as expectativas, mais próximos estaremos de atender aos desejos dos futuros habitantes, compradores, investidores e da sociedade”, diz ela.

 

Ana Rocha considera 10 temas que devem ser avaliados na estruturação de um bairro sustentável:

temas bairros sustentaveis

Um Bairro Sustentável deve ser planejado para promover a qualidade de vida e o bem estar daqueles que vivem, trabalham ou transitam por ele; deve ser multifuncional e favorecer a diversidade, e deve ser desenvolvido à partir de um projeto Urbanístico, que considere o uso misto, com edificações comerciais, residenciais e serviços.

Todo o projeto deve ser desenvolvido considerando tecnologias que garantam uma gestão eficiente da oferta e consumo de água, de energia, e gestão de resíduos. A reciclagem, feita a partir da gestão dos resíduos, e a geração de energia limpa devem garantir uma menor taxa de emissão de gases do efeito estufa.

O transporte público, o pedestre e o ciclista devem ser priorizados. O transporte individual nos grandes centros urbanos tem tornado caótica a vida de seus habitantes, além dos efeitos nocivos da poluição sonora e do ar; um bairro sustentável deve garantir o acesso ao transporte sustentável e não poluente.

A fauna e a flora local, o Patrimônio Histórico Construído, Cultural e Paisagístico devem ser valorizados, preservados e recuperados.

Esses itens em conjunto devem promover a qualidade de vida dos seus habitantes e garantir a coesão social e a preservação ambiental do planeta.

Como vemos, quando falamos em um Bairro que visa à Sustentabilidade, muitos são os temas que devem ser cuidadosamente elaborados; mas vale destacar que esses empreendimentos não precisam necessariamente ser construídos do zero, áreas degradadas ou abandonadas podem ser transformadas em importantes centros sustentáveis dentro das cidades.

Contamos com alguns exemplos de Bairros Sustentáveis ao redor do mundo, ideias criativas e de sucesso, edificadas com a participação da população local, do poder público e das empresas. Na França temos o Paris Rive Gauche – o bairro que era essencialmente industrial e cortado por uma ferrovia foi totalmente revigorado, e até hoje os novos empreendimentos ali construídos seguem os requisitos de sustentabilidade.  O bairro de Vauban em Freiburg – Alemanha, segue os passos da cidade natal, que é considerada uma das cidades mais sustentáveis do mundo; no eco bairro as casas foram construídas para funcionar como mini usinas de energia limpa, a circulação de carros é restrita e conta-se com a perfeita reciclagem dos resíduos.  Localizado a apenas 3 km do centro de Austin – EUA, o bairro Mueller sofreu uma profunda reforma urbanística com o fechamento do aeroporto Municipal Robert Mueller. Foi desenvolvido ali um plano diretor cujo um dos pilares é o Desenvolvimento Sustentável; no local do aeroporto foi construída uma vila urbana de uso misto, orientada para pedestres, engajada na promoção da eficiência energética e de água, a proteção de recursos, a proteção de bacias hidrográficas e a preservação do espaço verde.

No Brasil, com cidades das dimensões de São Paulo, alguns loteamentos que seguem as diretrizes e métodos construtivos alinhados com o Desenvolvimento Sustentável vem tomando para si a nomenclatura de Bairro Sustentável. É claro que as soluções lote a lote, acabam tornando-se soluções para o bairro, que gradativamente tornam-se em soluções para a cidade, e isso é bom, apesar de não ser o ideal; mas o importante é que as iniciativas aconteçam, a sociedade seja beneficiada com qualidade de vida e a cidade torne-se cada dia mais bonita, verde, saudável, amigável e feliz.

Para informações mais detalhadas sobre o tema, consulte o livro Projetar e Construir Bairros Sustentáveis, com coordenação de Ana Rocha Melhado e coautoria de Aurélie dos Santos, Silvio Melhado e Adriana Gurgel, editado pela Editora PINI em 2013.

livro

 

Cadastre-se e receba Nossa News